PIS 2020: Calendário, Valor e Tabela

Quer saber como sacar seu PIS 2020? Veja esse post e esclareça suas dúvidas sobre valores e datas. O PIS é um dos principais programas trabalhistas e para 2020 promete mudanças.

Assim, ele funciona como um 14º salário, possibilitando aos empregados maior capacidade de compra. Dessa forma, o Programa de Integração Social (PIS) se configura como uma assistência anual para os servidores brasileiros de carteira assinada. Para saber mais continue lendo abaixo.

Novas regras do PIS 2020

A partir da aprovação da reforma da previdência o PIS 2020 sofrerá alterações, podendo ser abonado para diversos trabalhadores. Veja as mudanças abaixo:
  • Para garantir o benefício, o trabalhador deve possuir inscrição no PIS há no mínimo cinco anos. Ademais, ele deve ter uma renda mensal de no máximo dois salários
  • Para garantir o abono, o servidor deve ter seus dados informados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) 2019
  • A quantidade do abono pode chegar ao valor de um salário e possui relação com o número de meses que foram trabalhados. Ou seja, aos que prestaram serviço por um mês no ano-base de 2019 receberá 1/12 do salário mínimo, aos que trabalharam dois meses recebem 2/12 e assim por diante. Apenas os que trabalharam um ano completo receberão o salário completo.
Ou seja, com o PIS 2020, o operário recebe o PIS a partir do tempo de serviço prestado no ano em questão. 
PIS 2020

Quem tem direito ao PIS 2020

Para garantir o PIS 2020, baseado na nova reforma, é necessário que o trabalhador esteja cadastrado no PIS há o mínimo cinco anos. Veja mais requisitos abaixo:
  • É necessário ter ganhado um pagamento mensal médio de no máximo dois salários mínimos durante o ano-base em questão;
  • Seus dados devem ser informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS);
  • Ter prestado um serviço remunerado há no mínimo 30 dias (podendo ser ou não consecutivos) no ano da apuração.

Quem não tem direito

As regras determinam quem pode ou não ganhar o PIS 2020 e cabe ao trabalhador agir conforme foi determinado. Então, para saber quem não tem direito aos PIS veja abaixo:
  • Trabalhadores os quais não são contratados por pessoa jurídica
  • Servidores que possuem vínculo ativo com pessoa física
  • Trabalhadores que não possuem a carteira assinada, mesmo que tenham o FGTS.
  • Trabalhadores que possuem redução na carga horária (a exemplo dos jovens aprendizes).
  • Funcionários que recebem mais de dois salários mínimos.



Qual valor do abono salarial 2020

A partir das regras estabelecidas do PIS 2020, o valor é determinado a partir do salário do ano em questão. Significa que o valor é de R$1.045,00 no máximo. Para receber esse valor integral é necessário que o trabalhador preste um ano completo de serviço. Para os que não cumprirem todos os meses, o valor será fornecido a partir do tempo prestado no ano anterior.

Como calcular o abono salarial do PIS

Para calcular seu PIS 2020 é preciso multiplicar o valor do salário mínimo vigente pela quantidade de meses que foram trabalhados. Logo em seguida, divida o resultado por 12 e será o valor a ganhar.

Por exemplo, um servidor que prestou serviço por cinco meses basta calcular: 1045 x 5/12. O resultado é de R$435,41 ou seja, esse será seu ganho em cinco meses. Como o governo sempre aproxima o valor, ele será de R$ 436.

Como receber

Para garantir o PIS, o trabalhador que possui uma senha cadastrada e um cartão cidadão, pode ir a qualquer canal de atendimento da Caixa. Ademais, também é possível ser retirado em qualquer casa lotérica. Caso não possua um cartão cidadão o valor do PIS pode ser recebido em qualquer agência da Caixa Econômica.

Ademais, basta apresentar sua identificação com foto e poderá receber o benefício. Vale lembrar que diversas informações sobre o PIS podem ser adquiridas pelo canal de atendimento telefônico da Caixa: 0800 726 0207.

Onde receber

Para os servidores que possuem conta na Caixa, é possível retirar seu PIS em qualquer estabelecimento. Seja no banco ou canal de atendimento físico.

Também é possível receber seus benefícios pela lotérica, mas para isso é preciso possuir o cartão cidadão. Além disso, o pagamento pode ser feito nos caixas eletrônicos e correspondentes da Caixa. Ademais, também pode receber o benefício através do crédito em conta. Para isso, o operário precisa possuir conta corrente ou poupança na Caixa.

Calendário e tabela do PIS 2020

Para facilitar o cotidiano do trabalhador, foram disponibilizados uma nova tabela e calendário.

 A seguir veja a tabela do PIS 2020:

 Meses trabalhados                                                        Valor abono

1 (30 a 44) R$88,00
2 (45 a 74) R$175,00
3 (75 a 104) R$262,00
4 (105 a 134) R$349,00
5 (135 a 164) R$436,00
6 (165 a 194) R$523,00
7 (195 a 224) R$610,00
8 (225 a 254) R$697,00
9 (255 a 284) R$784,00
10 (285 a 314) R$871,00
11 (315 a 344) R$958,00
12 (345 a 365)

R$1045,00
  • Nascidos em Julho recebem a partir de 16/07/220.
  • Nascidos em Agosto recebem a partir de 18/08/2020.
  • Nascidos em Setembro recebem a partir de 15/09/2020.
  • Nascidos em Outubro recebem a partir de 14/10/2020.
  • Nascidos em Novembro recebem a partir de 17/11/2020.
  • Nascidos em Dezembro recebem a partir de 15/12/2020.
  • Nascidos em Janeiro recebem a partir de 19/01/201.
  • Nascidos em Fevereiro recebem a partir de 19/01/2021.
  • Nascidos em Março recebem a partir de 11/02/2021.
  • Nascidos em Abril recebem a partir de 11/02/2021.
  • Nascidos em Maio recebem a partir de 17/03/2021.
  • Nascidos em Junho recebem a partir de 17/03/2021.
Vale lembrar que o prazo para saque é até 30/06/2020 para todos os trabalhadores.

PASEP 2020

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Calendário do PASEP 2020





Compartilhe:

Receba informações via email (gratis):

SITE NÃO OFICIAL: Aqui você encontra tudo sobre o PIS e informações sobre benefícios sociais.