Como tirar o PIS pela primeira vez

Saiba como tirar o PIS pela primeira vez. O abono salarial é um auxílio anual que ajuda muito os trabalhadores brasileiros, assim como o décimo terceiro. Esse auxílio nada mais é que o PIS, que vem pagando milhares de brasileiros, desde 1970.

O Governo Brasileiro vem fazendo diversas mudanças nos benefícios sociais, e é importante manter-se informado sobre os requisitos de cada programa.




Veja também:

Existe também o PASEP, programa similar ao PIS,  só que é para os servidores publicos e pago pelo Banco do Brasil. Continue a leitura para saber a diferença entre o PIS e o PASEP e como receber o abono salarial pela primeira vez.

Diferença entre o PIS e o PASEP

Ambos considerados Abono salarial, porém, geridos por bancos diferentes. O PIS (Programa de Integração Social) é um benefício concedido e gerido pela Caixa Econômica Federal, esse benefício pode pagar até um salário mínimo para cada trabalhador.

Já o PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é gerido pelo Banco do Brasil. Também paga aos trabalhadores o valor que pode chegar até 1 (um salário mínimo).

Como tirar o PIS pela primeira vez

É importante saber que há uma série de requisitos para que o cidadão possa tirar o PIS pela primeira vez. Entendemos que é necessário estarmos dentro dos requisitos dos programas sociais, pois só assim teremos um controle e combate á corrupção (distribuição das verbas sociais para pessoas que não se enquadram nos requisitos).




O PIS é gerado normalmente quando a carteira do trabalhador é emitida, ou no ato da admissão do trabalhador (é chamado de cadastro no PIS, entenda mais na frente a importância do tempo de cadastro).

Requisitos para receber o PIS pela primeira vez:

Após efetuar o cadastro do PIS, um dos principais requisitos mínimo é: 5 anos de cadastro. Confira a lista completa dos requisitos:

  • Ter no mínimo 5 anos de cadastro no PIS;
  • Ter recebido uma média salarial de até 2 salários mínimos;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano anterior ao do pagamento;
  • O pagamento será proporcional ao tempo trabalhado;
  • Ter a RAIS enviada dentro do prazo.
Quando se fala da média salarial, não quer dizer que todos os meses o trabalhador deverá receber apenas 2 salários mínimos.


Entenda como funciona

A média salarial é o cálculo de: soma-se todos os salários recebidos e divide pela quantidade de meses trabalhados, se o resultado for igual ou inferior a 2 salários mínimos, o trabalhador estará dentro desse requisito.

Vale ressaltar também que o envio da RAIS (Relação Anual de Informação  Social) é papel da empresa.

Share/Bookmark

Consultar saldo do PIS pela Caixa

Como Consultar saldo do PIS pela Caixa - O abono salarial, mais conhecido como PIS é o benefício pago para todos os trabalhadores que estão dentro dos requisitos exigidos pela Caixa econômica Federal.

Pago e administrado pela Caixa Econômica Federal, o beneficio do abono do PIS vem ajudando diversos trabalhadores, pagando até 1 salário mínimo para cada. Entenda como funciona o abono salarial e como consultar o saldo do PIS.




Veja também:


Quem tem direito ao PIS?

Todos os trabalhadores brasileiros poderão receber o PIS, porém, é necessário enquadrar-se nos requisitos mínimos. A falta do cumprimento de uma dessas exigências acarretará no não recebimento do abono salarial.


Requisitos PIS:

  • Quem tem pelo menos 5 anos de cadastro no programa;
  • Recebeu remuneração média salarial de até 2 salários mínimos mo ano anterior ao do pagamento;
  • Trabalhou por pelo mínimo de 30 dias no ano anterior ao do pagamento;
  • Teve a RAIS enviada ao Ministério do Trabalho;
  • O pagamento do PIS será proporcional ao tempo trabalhado.



Atente-se aos 5 anos de cadastro no PIS, o que é diferente de 5 anos de carteira assinada. O cadastro no PIS é feito na primeira admissão do trabalhador ou no ato da emissão da carteira de trabalho. 


Se por algum motivo você tem mais de um número do PIS, é necessário ir até a Caixa Econômica Federal e solicitar o cancelamento para evitar possíveis problemas (até mesmo para consultar o saldo do PIS).

A média salarial é o feita da seguinte forma: soma todos os salários recebidos e divide pela quantidade de meses trabalhados, se o resultado for igual ou inferior à 2 salários mínimos, você estará apto para receber o PIS.


Consultar saldo do PIS pela Caixa

  1. O primeiro passo para consultar saldo do PIS pela Caixa é entrar no site oficial clicando aqui preencher com o nome do NIS/NIT/PIS/PASEP e depois clicar em "cadastrar senha" caso não possua;
  2. A próxima tela será para ler os termos da Caixa e em seguida clicar em "Aceitar";
  3. Digite a senha do seu cartão cidadão e crie uma senha para consultar saldo do PIS pela Caixa.
  4. Você será redirecionado para a página que solicita o preenchimento do NIS/NIT/PIS/PASEP e a senha que foi criada.
Após fazer o login no sistema, o trabalhador terá várias informações, além do saldo do PIS. No sistema é possível consultar o saldo do FGTS, Seguro Desemprego e outras informações.

Consultar Saldo por telefone

Ainda é possível fazer a consulta pelo telefone da Caixa no numero 0800 726 0207 Caixa Cidadão e no 0800 726 0101 SAC.

Share/Bookmark

Cadastro NIS → Como cadastrar pela internet

Cadastro NIS - Os benefícios sociais é uma das oportunidades que o cidadão tem para auxiliar no pagamento das suas despesas ou para ajudar na inclusão em diversos programas privados e públicos.

Ainda é possível encontrar pessoas que não deveriam participar dos programas do Governo, mas acabam burlando o sistema de alguma forma, tirando vantagem dessa falha, consequentemente deixando as famílias que se enquadram nos requisitos dos programas de fora.




Veja como funciona o cadastro NIS do cidadão e quais as informações necessárias para gerar essa identificação.

O que é NIS

O NIS (número de identificação social), usado para efetuar o cadastro em diversos programas do Governo. É importante ter essa identificação para poder participar dos programas sociais como:
  • PIS (abono salarial);
  • Bolsa Família
  • ID Jovem
  • Minha Casa, Minha Vida
  • Telefone popular

O NIS é como um CPF para os benefícios sociais, essa identificação é solicitada sempre que o cidadão tenta se cadastrar em algum programa social. Uma vez feito, não será necessário fazer novamente, porém, é importante manter as suas informações sempre atualizadas.

Atualizações cadastrais poderão ser feitas no CRAS do município no qual o cidadão reside.

Diferença entre NIT, PIS e PASEP

É normal haver confusão com tantas siglas, entenda qual a função de cada uma delas.

PIS: O PIS (Programa de Integração Social) nada mais é que um benefício pago pela Caixa Econômica para os trabalhadores que possuem no mínimo 5 anos de cadastro no programa, recebeu uma média salarial de ate 2 salários mínimos, trabalhou por pelo menos 30 dias no ano anterior ao do pagamento.

Se quer saber mais sobre o PIS, veja esse artigo com informações detalhadas.

Cadastro NIS

PASEP

É o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, parecido com o PIS, mas gerido pelo Banco do Brasil. Esse benefício, assim como o PIS paga até um salário mínimo para o trabalhador que estiver dentro de todos os requisitos exigidos pelo programa.



NIT: 

Número gerado pela Previdência Social para gerir diversos benefícios do INSS, veja alguns exemplos:
  • Aposentadoria
  • Salário maternidade
  • Salário família

Cadastro NIS → Como cadastrar pela internet 

O Cadastro NIS também é importante no momento da admissão do empregador, facilita a gerencia dos colaboradores da empresa, uma vez que todas as suas informações (informações pessoas e sociais) estão atribuídas à esse cadastro. 


O Cadastro NIS poderá ser feito online ou em lote.

O cadastro em lote é realizado da seguinte forma: É juntado todas as documentações do trabalhador e enviado de uma só vez para o endereço especificado no site da Caixa. Você poderá ver como realizar o envio através deste link

Cadastro NIS online

Essa é a maneira mais rápida para gerar o NIS do trabalhador, pois é tudo realizado em "tempo real". As respostas são imediatas.

Através do manual do conectividade social é possível realizar o cadastro online. Acesse aqui para seguir todas as instruções de cadastro.

Share/Bookmark

PIS 2017-2018 → Quem tem direito, Consultar e Calculo do PIS 2017

PIS 2017-2018, saiba aqui neste artigo tudo relacionado ao beneficio social do PIS/PASEP 2017-2018. quem tem direito, como sacar, como consultar e o calculo do PIS 2017. Confira:

Em meio a crise que assola o país desde 2015, saber que tem um dinheiro extra para receber é muito bom, melhor ainda, é saber como usa-lo. Mas vamos agora tirar algumas dúvidas bem comuns quase faz a pesquisa do PIS.




PIS 2017-2018

Quem tem direito ao PIS 2017-2018

Se você é está trabalhando e quer saber se vai ou não receber o abono anual de até um salário minimo, fique atento a todos os critérios adotados pelo governo para saber se tem direito ao PIS 2017-2018.

Para ter direito o trabalhador beneficiário deve:

a) Ser cadastrado no PIS - Programa de Integração Social ou PASEP- Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público pelo minimo de 5 anos;

b) Ter trabalhado em 2016 pelo minimo de 30 dias;

c) Ter recebido de empregadores, que contribuem para o PIS ou PASEP;

d)  Ter recebido média salarial de até 2 (dois) salários-mínimos de remuneração mensal no período trabalhado do ano de 2016;

e) Ter seus dados informados na RAIS 2016 e enviado ao Ministério do Trabalho na data estipulada em lei.




Como consultar PIS 2017-2018

Você tem várias opções de consulta ao PIS 2017, desde ir a uma agencia da Caixa, até aplicativos em Smartphone. Vamos listar aqui as possibilidades para consultar o PIS 2017-2018.

Consulta na agencia

Se você tem dúvidas e não está conseguindo sana-las através de outro meio, orientamos que vá a agencia da Caixa Economic mais próxima com seus documentos. O numero do PIS e um documento de identidade.



Consultar PIS pelo Telefone

consultar por telefone PIS

Uma maneira rápida e pratica de fazer a consulta do PIS 2017 é ligando para o Caixa Cidadão no número 0800 726 0207.

Para isso tenha em mãos o numero do PIS e um documento de identidade, pois irão pedir algumas informações.

Consultar pela internet

Essa é uma maneira que está bem popular, vai poupar-lhe tempo. Para isso é preciso que acesse o site da Caixa no seguinte endereço: https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01

Essa opção é somente para quem tem Cartão Cidadão, se tem então preencha os dados com as informações solicitadas, caso não tenha a senha da internet faça o cadastro ai nesta pagina mesma.

Consultar pelo Aplicativo Caixa Trabalhador

Baixe este aplicativo no Google Play (Android), na Apple Store (IOS) e no Windows Store (Windows Phone).

Consultar PIS nas Redes Sociais

Com a popularização dos canis de atendimento via redes sociais, ainda é possível fazer uma consulta, principalmente pelo Facebook. Se quer fazer uma consulta no próprio Facebook, onde boa parte dos internautas está logado, basta acessar a fan page da Caixa ou do Ministério do Trabalho e fazer uma pergunta inbox.

Cálculo do PIS 2017

Este calculo talvez seja o calculo trabalhista que muitos trabalhadores tenham dúvidas, apesar de simples ele gera muitas dúvidas. Vamos aqui explicar com alguns exemplo.

Sabemos que para receber o PIS, o trabalhador deve estar enquadrado nos pre-requisitos já listados acima, sabendo que ele tem direito vamos as contas.

Se você trabalhou por exemplo 30 dias em 2016, o calculo será o seguinte:
Quantidade de meses trabalhados x valor do salario minimo dividido por 12
Então o valor será:
1 x 937/12

Valor será de R$ 78,083

Em outro exemplo, se trabalhou por 6 meses

6 x 937/12

O calculo do PIS 2017 será de R$ 468,50

Você só receberá o valor integral de um salário minimo se trabalhou por 12 meses em 2016👍


Como e onde sacar

Para sacar o PIS 2017-2018 agora é uma tarefa, digamos um pouco mais fácil, haja vista, que já sabe que tem direito, já fez a consulta e e já sabe quanto vai receber, agora é só saber como e onde sacar.

Onde sacar

Para efetuar o saque do abono salarial do PIS 2017, você deve comparecer a uma destas opções:

  • Agencia da Caixa
  • Caixa de autoatendimento
  • Lotéricas
  • Correspondentes Caixa Aqui

Como sacar o abono salarial 2017

Para fazer o saque caso n~´ao tenha o cartão cidadão deverá ir numa agencia da Caixa Econômica e levar o numero do NIS e um documento de identificação com foto, que pode ser um destes:
  • RG;
  • CNH;
  • CTPS
Se possuir o Cartão Cidadão poderá sacar no Caixa de autoatendimento da Caixa, nas Lotéricas ou nos Correspondentes Caixa Aqui.

Calendário do PIS 2017 (Tabela de pagamento do PIS 2017-2018)

O calendário do PIS 2017-2018 ainda não foi divulgado, assim que for divulgaremos aqui, por isso pedimos que nos sigam na nossa fan page no FACEBOOK, clique abaixo para curtir e seguir e ficar informado sobre o calendário de pagamento do abono salarial 2017 e de outros direitos do trabalhador.

👉Curta a Fanpage

Conclusão

Neste artigo você descobriu quem tem direito ao PIS 2017, como consultar o PIS pelo telefone, consultar o PIS pela internet, consultar o PIS pelo aplicativo, consultar o PIS pela Caixa, como calcular PIS 2017, como e onde sacar e o calendário do PIS 2017.

Se as informações foram uteis para você, não esqueça de compartilhar nas redes sociais. Qualquer dúvida, pode deixar um comentário que logo responderemos.


Share/Bookmark

Renda Cidadã: saiba mais sobre este programa incrível

Renda Cidadã -Uma das maiores questões sobre os programas de transferência de renda é que os que geralmente recebem maior destaque da mídia são sempre os programas federais.



Uma questão que precisa ser levada em consideração, porém, são os programas estaduais de auxílio às famílias em dificuldade, como o Renda Cidadã.

Vamos falar mais sobre este programa paulista de distribuição de renda, o que ele pode fazer por você, quais são as vantagens e diferenciais dele e quais os pré-requisitos e procedimentos para participar.

O que é o Renda Cidadã?


Este é um projeto do governo do estado de São Paulo de transferência de renda, que ajuda as pessoas em extrema dificuldade social, que oferece um valor mensal para que estas pessoas sejam capazes de comprar ao menos alimentos. Juntamente com os programas federais de distribuição de renda, o Renda Cidadã ajuda a estas famílias conseguirem o mínimo de sustento e possibilidade de desenvolvimento pessoal.

Com essa ajuda adicional, as famílias paulistas terão muito mais facilidade para se manter com o mínimo de segurança e qualidade de vida. Além disso, estas pessoas passam a ter um pouco mais de tranquilidade para retomarem suas vidas e conseguir melhorar sua condição social.

Quem tem direito?


O renda cidadã atende pessoas residentes no estado de São Paulo que tenham um rendimento de até ¼ de salário mínimo por pessoa mensal.

Renda Cidadã


Este valor é disponibilizado diretamente em u cartão específico, que o responsável usa de forma similar a um cartão de débito. Com este cálculo, se você tem uma média de renda inferior à R$234,00 mensais por pessoa mensal, você tem direito ao renda Cidadã.

Como participar?


Caos você já tenha o cadastro único de benefícios sociais, basta procurarem o CRAS (centro de referência de assistência social) da sua cidade e se informar sobre os procedimentos do recebimento deste benefício. 



Caso você não tenha este cadastro ainda, o recomendável é fazê-lo o quanto antes, já que com ele você passa a ter acesso a uma série de benefícios diferenciados e eficientes para a sua vida. Do Bolsa família ao Minha Casa Minha vida, você terá acesso a todos os programas sociais, incluindo o renda Cidadã do governo do estado de São Paulo.

Cartão Renda Cidadã


Este cartão, de forma extremamente similar a um cartão de banco comum, oferece as mesmas facilidades que ele, com a diferença que você poderá apenas usar os valores do benefício, que ficarão disponíveis para você. 

Com isso, além de mais simples e prático, o Renda cidadã também tem multo mais controle de para aonde estão indo os valores já que todos os pagamentos ficam registrados no sistema do cartão, que irá oferecer muito mais tranquilidade e praticidade para o governo do estado, que mantém um controle melhor dos valores e a pessoa tem muito mais praticidade por não precisar sacar os valores. 

Não perca a chance de melhorar sua condição de vida com o Renda Cidadã! Procure o CRAS da sua cidade e veja todos os procedimentos necessários para a sua inscrição!


Share/Bookmark

Pagamento do PIS 2017 nascidos em Maio e Junho

Pagamento do PIS 2017 nascidos em Maio e Junho - Finalmente o último lote de pagamento do abono salarial do PIS, referente ao ano-base 2015 começa a ser pago neste mês de março.




Pagamento do PIS 2017 nascidos em Maio e Junho

O MTE e a Caixa Economica liberam a partir de quinta-feira (16/03) o pagamento do Abono Salarial do PIS/PASEP ano-base 2015 para os trabalhadores nascidos nos meses de maio de junho. 

Para quem recebe PASEP, que são os funcionários públicos, serão pago àqueles que tem inscrição final no numero do PASEP, 8 e 9. O pagamento é feiro no Banco do Brasil.

Quem é da iniciativa privada poderá fazer o saque nas agencias da Caixa. poderão retirar o dinheiro em qualquer agência da Caixa do país.

Quem tem direito ao abono

Tem direito ao abono ano-base 2015 quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos um mês naquele ano e teve remuneração média mensal de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tinha que estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

O valor do abono é baseado no salário mínimo vigente, que este ano está fixado em R$ 937, e é proporcional aos meses trabalhados durante o ano-base. Quem trabalhou durante apenas um mês, receberá o equivalente a 1/12 do salário mínimo, e assim sucessivamente. Para receber o valor integral é preciso ter trabalhado formalmente durante todo o ano de 2015.

O recurso ficará disponível para saque até 30 de junho de 2017. Depois dessa data, o dinheiro retornará para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Datas de pagamento PIS/PASEP

Calendário do PIS

Calendário do PASEP

Calendário do PIS conta na Caixa.


Share/Bookmark

Pagamento do FGTS 2017 começa em Março

Pagamento do FGTS 2017 começa em Março - Após o lançamento oficial do calendário de contas inativas do FGTS, os pagamentos já começarão a ser liberados a partir do mês de março, seguindo o cronograma de acordo com o mês de nascimento do trabalhador (o mesmo esquema utilizado para efetuar o pagamento do PIS/PASEP).


Veja também:


Por ser uma notícia recente, ainda há dúvidas sobre os pagamentos, como receber o valor retido e quais valores estão liberados para saque. Essas informações serão esclarecidas a seguir.

O que são contas inativas do FGTS?

Diariamente muitas empresas contratam e demitem colaboradores por diversos motivos. Um dos motivos para a conta do FGTS ficar inativa é a demissão por justa causa (Essa é a demissão que faz o trabalhador perder a maior parte dos seus benefícios, como seguro desemprego e FGTS).

Quando há esse tipo de demissão, a conta do FGTS  fica inativa, não recebendo mais depósitos.

Quem pode sacar o saldo do FGTS inativo?

O saldo das contas inativas do FGTS poderá ser sacado caso haja contas fechadas até 31/12/2015. Ou seja, se o trabalhador solicitou o desligamento da empresa ou teve uma dispensa por justa causa até a data citada acima, o mesmo terá saldo retido e poderá sacá-los. 

Pagamento do FGTS 2017 começa em Março

Em diversos casos os trabalhadores não fazem ideia de que possuem saldo nas contas inativas, por via das dúvidas é sempre bom verificar pessoalmente nas agências da Caixa Econômica Federal.

Pagamento do FGTS 2017 começa em Março

Após alguns meses da divulgação da informação que seria possível fazer o saque das contas inativas do FGTS, os cidadãos ficaram bastante ansiosos pela divulgação das datas de pagamento. Houveram até alguns calendários circulando na internet, calendários esses sem validade alguma e com datas equivocadas.

O Pagamento do FGTS 2017 começa em Março e está intimamente ligado ao calendário oficial.Também é possível realizar a consulta do saldo das contas diretamente no site da Caixa econômica.

Calendário de Contas Inativas



O saque dos valores serão feitos através do Cartão Cidadão. Caso o trabalhador não possua o cartão por algum motivo, o mesmo poderá ser solicitado nas agências da Caixa Econômica (levar documentos de identificação com foto e comprovante de residência). O prazo de envio para residência é de até 30 dias a contar da data de solicitação do cartão Cidadão.

Em alguns casos é possível realizar o saque diretamente na "boca do caixa", levar documento de identificação (RG, CNH, Passaporte).

Share/Bookmark

Minha Casa Minha Vida: Reajuste no valor do teto dos imóveis

O Minha Casa Minha Vida é um programa de cunho social que beneficia diversas famílias por todo o Brasil, oferecendo financiamentos diferenciados para a aquisição da casa própria.


Com linhas de crédito diferenciadas, que possibilitam o sonho da casa própria para pessoas que antes nunca teriam essa possibilidade.

Com a mudança de governo, foi prometido que existiram mudanças e novidades neste programa, que tanto fez e faz pelos brasileiros.

Veja também:

Vamos falar mais sobre o reajuste no valor do teto dos imóveis do Minha Casa Minha vida e contar mais sobre como isto afeta você, que deseja participar deste programa de moradia tão conhecido e importante.

Como funciona o Minha Casa Minha Vida e o que muda com o reajuste?


O Minha Casa Minha Vida oferece a possibilidade de financiamento diferenciado para cada tipo de renda familiar apresentada, sendo que estas rendas familiares são divididas em faixas, sendo que a faixa 1 é a mais simples, para pessoas mais humildes e condições mais flexíveis, , indo até a faixa 3, que é muito similar a um contrato de financiamento de imóveis comum, mas com alguns benefícios que o mercado privado não oferece.

Minha Casa Minha Vida reajuste no valor do teto dos imóveis

Dessa forma, com o reajuste do valor do teto dos imóveis que entrará em vigência, mais pessoas serão capazes de aderir ao Minha Casa minha vida pelo consequente aumento da faixa de renda.



Reajuste Minha Casa Minha Vida


Estas são as alterações que você verá em relação aos limites das faixas de renda e referente ao valor de teto dos imóveis que podem ser adquiridos pelo Minha Casa Minha Vida: Valores de R$ 2.350,00 para R$ 2.600,00 na Faixa 1,5; de R$ 3.600 para R$ 4.000,00 e de R$ 6.500,00 para até R$ 9 mil nas Faixas 2 e 3, respectivamente.

Os valores de teto variam para cada região e estado, mas para que você entenda o tamanho do aumento, temos o exemplo de São Paulo e Rio de Janeiro, que teve seu teto aumentado de R$ 225 mil para R$ 240 mil.

Afinal, o que significam estes aumentos e quais as possíveis consequências?


Uma das questões mais importantes do aumento destes números é a quantidade de pessoas que passa a ser atendida. Como os valores a serem repassados para cada imóvel vão diminuir a quantidade de imóveis oferecidos às camadas mais carentes, oferecendo alguns destes para pessoas que antes não poderiam ser contempladas nas possibilidades anteriores.

 As mudanças precisam ser apenas publicadas para passarem a ter efeito, mas o mais provável é que elas não sejam alteradas.
Share/Bookmark

Saque de contas inativas FGTS, Consultar Saldo

Consultar Saque de contas inativas FGTS - O Governo Federal liberou o calendário de saque de contas inativas do FGTS, essa é uma boa noticia para os trabalhadores. Leia todas as informações com atenção.

No dia 22 de dezembro de 2016 o Presidente anunciou a liberação do saque das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Cerca de 10,2 milhões de trabalhadores terão direito ao beneficio.



O que vai saber neste artigo:

⏩O que são as contas inativas FGTS
⏩Saque de contas inativas FGTS
⏩Calendário de pagamento do saldo do FGTS
⏩Passo a passo para Consultar Saldo de contas inativas FGTS
⏩Como saber se você tem uma conta inativa de FGTS?

Saque de contas inativas FGTS, Consultar  Saldo

O que são as contas inativas FGTS

As contas inativas do FGTS são aquelas em que o trabalhador deixa de receber os depósitos do FGTS pago pelo empregador, isso acontece quando o trabalhador é demitido ou pede demissão.
Até esta decisão só poderia fazer o saque de contas inativas, quem estivesse por pelo menos 3 anos consecutivos desempregado, ou seja, sem deposito em conta do FGTS.

Saque de contas inativas FGTS

A partir desta medida o trabalhador empregado poderá sacar o valor remanescente da conta inativa, isso se o trabalhador tenha sido afastado do emprego anterior até 31 de dezembro de 2015.

Mas este caso é apenas para o trabalhador que tenha sido demitido até esta data, ai neste caso ele tem a conta inativa, caso contrário, não. Ele não poderá sacar o FGTS do emprego atual.

Não há limite para o saque de contas inativas FGTS. O trabalhador, se quiser, poderá sacar todo o valor que tem na conta inativa.

Calendário de pagamento Saque de contas inativas FGTS


Vídeo como saber se tem direito


video


Consultar Saldo de contas inativas FGTS

O trabalhador pode consultar o saldo no site da Caixa ou do próprio FGTS e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail (veja detalhes abaixo).



Veja abaixo como consultar o saldo do FGTS das contas inativas:

Pessoalmente

O trabalhador pode consultar seu extrato do FGTS presencialmente no balcão de atendimento de agências da Caixa. Também é possível ir a um posto de atendimento e fazer a consulta utilizando o Cartão Cidadão, desde que tenha em mãos a senha. Não é possível consultar o extrato do FGTS pelo telefone.

Pela internet, no site da Caixa

No site Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a Senha Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS. O serviço mostra dados cadastrais e lançamentos feitos na conta nos últimos seis meses.

O site da Caixa apresentava instabilidade na tarde desta quinta-feira devido a uma sobrecarga de acessos. O banco informou que uma equipe técnica está atuando para solucionar o problema. A Caixa prevê que o problema será sanado em breve.

Para consultar seu saldo, clique aqui.

A tela abaixo aparecerá:
Preencha o campo do PIS e a senha cadastrada. Clique em OK.

Você será levado para esta outra tela abaixo:
Clique em extrato e, então, aparecerá a tela abaixo com as informações sobre sua conta. Na parte inferior da tela, aparece o histórico de suas contas (ativas e inativas):
consultar saque contas inativas FGTS

Por e-mail

No site Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a Senha Cidadão.
Na página, o trabalhador pode fazer a opção de passar a receber e-mail com informações sobre o depósito mensal na conta vinculada ao FGTS.

Pelo aplicativo FGTS para celular

O trabalhador pode consultar o FGTS no celular por meio de aplicativo para smartphones. Ele está disponível para download, de graça (clique aqui), em celulares com qualquer sistema operacional: Android (baixe na Google Play), iOs (baixe na App Store) e Windows (baixe na Windows Store).

Por mensagem de celular

No site Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a Senha Cidadão.

Na página, o trabalhador pode fazer a opção de passar a receber avisos SMS com informações sobre o depósito mensal na conta vinculada ao FGTS. Mas quem faz essa escolha deixa de receber o extrato bimestral em papel em casa. Por outro lado, o extrato anual continua sendo enviado normalmente.


Como saber se você tem uma conta inativa de FGTS?

Por definição, a conta inativa de FGTS é aquela em que o trabalhador deixa de deixa receber os depósitos da empresa por extinção ou rescisão do contrato de trabalho.

Antes, só tinha direito a sacar o FGTS de uma conta inativa quem estivesse desempregado por, no mínimo, três anos ininterruptos.

A partir de agora, quem estiver atualmente empregado passa a poder sacar o valor da conta inativa, desde que o afastamento do antigo emprego tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2015.

O trabalhador, no entanto, não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, depositado pelo empregador atual.

Isso quer dizer que, ao consultar o extrato de FGTS, o trabalhador pode considerar que vai ter o direito de sacar o valor de qualquer conta que tenha até 31/12/2015 como data de afastamento.

Share/Bookmark

Valor do PIS Proporcional 2017

Valor do PIS Proporcional  - Agora em 2017 o pagamento do PIS continua sendo proporcional ao tempo de meses trabalhado no ano-base de referencia, Para saber mais continue lendo o artigo.


PIS - Novas Regras

Desde o final de 2014, o então governo Dilma decidiu através de uma medida provisoria a MP 665 que o pagamento do PIS seria proporcional do tempo de trabalho, ou seja, que o valor do PIS seria proporcional ao meses trabalhado.

Valor do PIS Proporcional 2017

O Valor do PIS Proporcional  2017 será pago conforme a quantidade de meses trabalhados em 2016. Caso tenha trabalhado em 2016 que é ano-base de pagamento do PIS 2017-2018, durante os 12 meses receberá o valor integral de um salário mínimo de R$ 937.
Valor do PIS Proporcional 2017

Exemplos de Valor do PIS Proporcional 2017

Se por exemplo um trabalhador exerceu atividade em 2016 por 7 meses o calculo seria o seguinte:
Numero de meses trabalhados X 1 dividido por 12.
7 x 1/12 = 7/12

O valor do PIS proporcional seria 937x 7/12
Valor do PIS = R$ 546,58

Este trabalhador terá direito ao valor do PIS proporcional de quinhentos e quarenta e seis reais e cinquenta e oito centavos.

Se outro trabalhador tivesse exercido atividade por 3 meses o valor seria o seguinte:
3 x 937/12 = 234,25

O valor do PIS proporcional 2017 de R$ 234,25



Direito PIS 2017

Esta é a mais comum das perguntas e dúvidas, pois parece não ser tão claro os requisitos para se ter direito ao PIS, mas vamos listar de maneira bem simples quais os critérios para ter direito ao PIS 2017. Veja abaixo, qualquer dúvida, deixa um comentário.

Para ter direito ao PIS 2017 o trabalhador deve:
  • Ter cadastro no PIS de no minimo 5 anos
  • Ter trabalhado em 2016 por pelo menos 30 dias com carteira assinada
  • Ter recebido remuneração média de até dois salários mínimos referente ao ano de 2016 (R$ 1760,00)
  • Ter seus dados relacionados na RAIS 2016 e enviados para o Ministério do Trabalho até 17 de março de 2017.
Só terá direito ao PIS integral quem tiver trabalhado por 12 meses em 2016.😉

Share/Bookmark

Como Consultar se tenho PIS

Como Consultar se tenho PIS 2017 é algo que todos os trabalhadores de carteira assinada querem saber, neste artigo vamos ver pontualmente tudo sobre o PIS 2017/2018, quem tem direito, valor e datas de pagamento.


Veja com atenção como consultar se tenho PIS.

Como Consultar se tenho PIS

Para fazer esta consulta de PIS, o trabalhador tem algumas opções que vão desde ir até a agencia até fazer a pesquisa do PIS pelo celular.

Caco você se depare com esta pergunta: Como vou consultar se tenho PIS, já saberá quais as formas de consulta.
Consultar se tenho PIS

Como Consultar se tenho PIS na AGÊNCIA

1. Para saber se tem direito ao PIS neste ano, poderá ir até uma agencia da Caixa Econômica Federal, levando o documento de identificação, como a CNH ou o RG ou a própria Carteira de Trabalho, além destes documentos deve levar também o numero do PIS.

Não sabe ou esqueceu o numero do PIS? Veja no link abaixo como descobrir


Como Consultar se tenho PIS na INTERNET

Outra maneira de consultar o PIS é pela internet, diretamente pelo site da Caixa, lá tem um link especifico para fazer esta consulta e saber quanto vai receber do abono salarial 2017.
Para consultar acesse o link abaixo:
Informe seu numero do PIS/PASEP/NIS, com qualquer um destes números poderá fazer a consulta do PIS. Depois do numero informe a senha de cadastro na internet.

Caso não tenha, faça o cadastro da senha, mas é bom salientar que só poderá fazer esta consulta do PIS pela internet quem tem o Cartão Cidadão. Caso não tenha vá até uma agencia da Caixa.
Consultar PIS 2017





Como Consultar se tenho PIS pelo APLICATIVO

Você também poderá fazer a consulta: "Consultar se tenho PIS" pelo celular, com apenas poucos cliques ou toques, baixe o aplicativo Caixa Trabalhador no endereço abaixo:

No aplicativo, insira o número do seu NIS, PIS ou PASEP e tenha acesso a todas as informações sobre o pagamento do PIS 2017.

Como Consultar se tenho PIS pelo TELEFONE

Além de todas as formas que listamos aqui de como consultar o PIS/PASEP 2017, ainda poderá consultar pelo telefone pelos números :

  • 0800 726 0207 - Caixa Cidadão
  • 0800 726 0101 - SAC

Share/Bookmark

Não há benefícios para este PIS

Não há benefícios para este PIS. O que significa?

Os benefícios do PIS são diversos e por meio dele você tem acesso a diversas vantagens, desde programas sociais até o tão desejado abono salarial.

Exatamente por isso temos diversas formas de checar os benefícios, por meio do site da Caixa.

Vamos falar mais sobre uma das respostas que não chega a ser a mais comum, mas uma das que gera mais dificuldades no atendimento online: não há benefícios para este PIS.

Veja também:
Vamos entender as razões pelas quais esta mensagem pode aparecer e quais são as atitudes que podem ser tomadas a respeito.

O que não há benefícios para este PIS significa? A mensagem “não há benefícios para este PIS” é um alerta de que ou o PIS já foi pago ou que ele não será pago este ano para este trabalhador em questão.

Não há benefícios para este PIS

Existem diversas possibilidades e problemas, que podem ou não ser de responsabilidade do trabalhador para que esta mensagem seja exibida.

Para te ajudar nessa situação, vamos apontar todas as possibilidades que podem acontecer para que a mensagem não há benefícios para este PIS apareça.

Você cumpre todos os pré-requisitos para recebimento do PIS?


Se você deixou de cumprir qualquer um dos pré-requisitos do PIS, a mensagem não há benefícios para este PIS é procedente, demonstrando que você realmente não tem direito a esse benefício.

Se este for o caso, aguarde até o próximo ano e verifique se você cumpre todos os pré-requisitos do benefício.

Você já recebeu o PIS desse ano?


Lembre-se que o calendário do PIS começa entre Junho e Julho, então pode significar que você já recebeu o PIS do ano vigente e não tem mais nenhum benefício para receber até que o novo calendário comece.

Você recebeu mais do que dois salários mínimos mensais?


Se você recebeu mais do que dois salários mínimos mensais, você perde o direito de receber o PIS, o que faz com que a mensagem não há benefícios para este PIS seja coerente no seu caso.



O PIS é um benefício que ajuda pessoas de renda mais baixa, então quando seu salário aumenta você deixa de receber.

Sua empresa declarou você no RAIS da forma correta?


Essa é, infelizmente, uma forma relativamente comum do trabalhador deixar de receber o PIS e receber a mensagem na consulta online não há benefícios para este PIS.

Se o empregador deixar de registrar o trabalhador no RAIS na data correta, pode existir este tipo de dificuldade.

Consulte seu empregador sobre a inscrição no RAIS e todos os outros procedimentos quando for contratado.


Essas são as principais razões pelas quais a mensagem não há benefícios para este PIS pode surgir para você.

Caso seja necessário acione os meios legais necessários para verificar as irregularidades que a sua empresa tenha eventualmente cometido.

Share/Bookmark

Não recebi meu PIS o que fazer

Não recebi meu PIS o que fazer? É uma pergunta que muitos trabalhadores se fazem durante o período de pagamento do PIS. Especialmente durante todo o período de pagamento do PIS de 2014, venho notando que as reclamações e as dúvidas sobre o não recebimento do PIS aumentaram muito.



Mas o que pode estar acontecendo para para tantas reclamações? São milhares de pessoas com o mesmo questionamento: não recebi meu PIS o que fazer? Vou falar aqui falar quais são os possíveis erros que podem estar acontecendo para que você não tenha recebido seu PIS e também vou falar o que fazer, mas é bom ficar claro que nem sempre em todos os casos a solução estará aqui. Sem falar que cada caso é um caso. De maneira geral deixarei aqui algumas explicações pontuais sobre o não recebimento do PIS.

Quem tem direito ao PIS

Todos sabem que para ter direito ao PIS é preciso ter cadastro há pelo menos 5 anos no PIS; ter trabalhado de carteira assinada no ano anterior ao do pagamento por pelo menos 30 dias, ter recebido remuneração média mensal de dois salários mínimos e ter seus dados informados na RAIS corretamente e enviado ao Ministério do Trabalho dentro do prazo estabelecido pelo governo.

A RAIS é a Relação Anual de Informações Sociais e ai que reside muitos dos problemas para o não recebimento do PIS.

Agora que já sabe quem tem direito ao PIS, vamos direto assunto.
Não recebi meu PIS o que fazer

Não recebi meu PIS o que fazer 

Considero três motivos básicos para o trabalhador não receber o PIS, lógico que há vários outros, mas estes três são os mais comuns, preste muita atenção e veja se você não recebeu o PIS por um destes motivos:
  1. RAIS NÃO INFORMADA
  2. ERRO DE DIGITAÇÃO
  3. 13º SALARIO

RAIS NÃO INFORMADA - Não recebi meu PIS o que fazer

Esse é um dos grandes motivos para o não pagamento do PIS aos trabalhadores, muitas empresas simplesmente não informam os dados do empregado na RAIS e isso ocorre por vários motivos, um deles é a empresa não enviar a RAIS, o outro é enviar e esquecer de colocar os dados de um ou mais funcionários. Se acontecer o trabalhador não irá receber o PIS, pois o envio da RAIS é necessário para o MTE saber todas as informações e se o trabalhador está enquadrado para ter direito ao PIS. 

Para resolver este caso, o trabalhador deve antes de qualquer coisa Consultar RAIS Trabalhador e se certificar se a empresa enviou a RAIS, caso não tenha enviado, suas informações procure a empresa e peça para ela enviar uma RAIS retificadora. A empresa vai enviar uma RAIS com a inclusão de seus dados e assim receberá o PIS..

No caso da empresa não ter enviado a RAIS dentro do prazo estabelecido em lei para o ano-base, ela pode enviar uma RAIS extemporânea, ou seja, fora do prazo. Lembrando que, o empregador que enviar a RAIS fora do prazo está sujeito à multa.

Há um prazo estabelecido na Resolução 748 de 02-07-2015 no art. 2, parágrafos 1° e 2° que diz:
O pagamento do abono salarial aos beneficiários identificados no processamento da RAIS extemporânea, entregue ao Ministério do Trabalho até 30 de setembro de 2015, será disponibilizado pelos agentes pagadores a partir de novembro de 2015.

Após a data estabelecida no parágrafo anterior, a regularização cadastral da RAIS extemporânea somente será processada para disponibilização de pagamento quando for o caso, juntamente com o exercício financeiro seguinte ao abono.



ERRO DE DIGITAÇÃO - Não recebi meu PIS o que fazer

Esse assunto tem um pouco a ver com o anterior, muitos trabalhadores deixam de receber o PIS por um erro de digitação, se no preenchimento da RAIS foi colocado lá, por exemplo, que em um mês você recebeu R$ 9.000,00 (nove mil reais) ao invés de R$ 900,00 (novecentos reias) isso por um erro de digitação, pois foi colocado um zero a mais. Este fato vai te deixar fora do limite estabelecido para ter direito ao PIS.

Saiba que isso é até comum acontecer. Portanto, se não receber o PIS esse pode ser seu caso, terá que ver o que foi informado na RAIS e solicitar que a empresa corrija e envie uma RAIS retificadora

13° SALÁRIO - Não recebi meu PIS o que fazer

Há um equívoco quanto à inclusão do 13° salário como remuneração mensal, conforme o Manual da RAIS, onde lista detalhadamente quais os valores que devem e não devem ser informados como remuneração mensal, o 13° salário não deve ser informado como remuneração mensal, portanto não deve estar no cálculo para efeito de pagamento do PIS.

Abaixo segue link do Manual da RAIS com todas as informações sobre o que é considerado ou não remuneração mensal para o pagamento do PIS


Essas são alguns problemas e soluções para o questionamento do não recebimento do PIS.

Se acha que tem direito, questione, procure a empresa, vá até a CAIXA, tenho documentos para provar que tem direito.

Espero ter ajudo a esclarecer um pouco a dúvidas de todo que chegaram até aqui em busca de informações.

Não perca este direito que é seu, se informe, procure solução.

Boa sorte!

Share/Bookmark
SITE NÃO OFICIAL: Aqui você encontra tudo sobre o PIS e informações sobre benefícios sociais.